Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

MISSAS DE ANO NOVO - ANGRA DOS REIS / RJ

MISSAS EM AÇÃO DE GRAÇAS PARA O ANO NOVO, NA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, EM ANGRA DOS REIS / RJ.
 
DIA 31 DE DEZEMBRO DE 2013 (TERÇA-FEIRA)
 
12h - IGREJA MATRIZ - CENTRO
20h - IGREJA MATRIZ - CENTRO
 
DIA 01º DE JANEIRO DE 2014 (QUARTA-FEIRA)
 
19:30h - IGREJA MATRIZ - CENTRO

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

SIM AO AMOR

O PAI ETERNO ENVIOU JESUS AO MUNDO PORQUE NOS AMA COM AMOR ETERNO. O FILHO AMADO DE DEUS É O SIM TOTAL E DEFINITIVO DO AMOR DE DEUS POR NÓS.
AO SIM DO AMOR DIVINO ESPERA-SE O SIM DO AMOR HUMANO.
RESPONDER SIM AO AMOR DE DEUS TRAZ ALEGRIA, FAZ O CORAÇÃO TRANSBORDAR DA GRAÇA DE DEUS E LIBERTA DO MEDO. SE ACOLHERMOS O AMOR DE DEUS, NOSSA VIDA SERÁ OBRA E GRAÇA DO ESPÍRITO SANTO.
 
FONTE: NATAL EM FAMÍLIA - CPP

HOMILIA DO PAPA FRANCISCO - MISSA DO GALO

O PAPA FRANCISCO PRESIDIU SUA PRIMEIRA MISSA DO GALO, NA BASÍLICA DE SÃO PEDRO, NO VATICANO. CONFIRA A ÍNTEGRA DA HOMILIA: 
 
Cidade do Vaticano (RV) - Abaixo, a íntegra da homilia do Papa Francisco na Santa Missa na Noite de Natal. Basílica de S. Pedro, 24 de dezembro de 2013.

1. «O povo que andava nas trevas viu uma grande luz» (Is 9, 1).
Esta profecia de Isaías não cessa de nos comover, especialmente quando a ouvimos na liturgia da Noite de Natal. E não se trata apenas dum fato emotivo, sentimental; comove-nos, porque exprime a realidade profunda daquilo que somos: somos povo em caminho, e ao nosso redor – mas também dentro de nós – há trevas e luz. E nesta noite, enquanto o espírito das trevas envolve o mundo, renova-se o acontecimento que sempre nos maravilha e surpreende: o povo em caminho vê uma grande luz. Uma luz que nos faz refletir sobre este mistério: o mistério do andar e do ver.

Andar. Este verbo faz-nos pensar no curso da história, naquele longo caminho que é a história da salvação, com início em Abraão, nosso pai na fé, que um dia o Senhor chamou convidando-o a partir, a sair do seu país para a terra que Ele lhe havia de indicar. Desde então, a nossa identidade de crentes é a de pessoas peregrinas para a terra prometida. Esta história é sempre acompanhada pelo Senhor! Ele é sempre fiel ao seu pacto e às suas promessas. «Deus é luz, e n’Ele não há nenhuma espécie de trevas» (1 Jo 1, 5). Diversamente, do lado do povo, alternam-se momentos de luz e de escuridão, fidelidade e infidelidade, obediência e rebelião; momentos de povo peregrino e de povo errante.
E, na nossa historia pessoal, também se alternam momentos luminosos e escuros, luzes e sombras. Se amamos a Deus e aos irmãos, andamos na luz; mas, se o nosso coração se fecha, se prevalece em nós o orgulho, a mentira, a busca do próprio interesse, então calam as trevas dentro de nós e ao nosso redor. «Aquele que tem ódio ao seu irmão – escreve o apóstolo João – está nas trevas e nas trevas caminha, sem saber para onde vai, porque as trevas lhe cegaram os olhos» (1 Jo 2, 11).

2. Nesta noite, como um facho de luz claríssima, ressoa o anúncio do Apóstolo: «Manifestou-se a graça de Deus, que traz a salvação para todos os homens» (Tt 2, 11).

A graça que se manifestou no mundo é Jesus, nascido da Virgem Maria, verdadeiro homem e verdadeiro Deus. Entrou na nossa história, partilhou o nosso caminho. Veio para nos libertar das trevas e nos dar a luz. N’Ele manifestou-se a graça, a misericórdia, a ternura do Pai: Jesus é o Amor feito carne. Não se trata apenas dum mestre de sabedoria, nem dum ideal para o qual tendemos e do qual sabemos estar inexoravelmente distantes, mas é o sentido da vida e da história que pôs a sua tenda no meio de nós.
3. Os pastores foram os primeiros a ver esta «tenda», a receber o anúncio do nascimento de Jesus. Foram os primeiros, porque estavam entre os últimos, os marginalizados. E foram os primeiros porque velavam durante a noite, guardando o seu rebanho. Com eles, detemo-nos diante do Menino, detemo-nos em silêncio. Com eles, agradecemos ao Pai do Céu por nos ter dado Jesus e, com eles, deixamos subir do fundo do coração o nosso louvor pela sua fidelidade:
Nós Vos bendizemos, Senhor Deus Altíssimo, que Vos humilhastes por nós. Sois imenso, e fizestes-Vos pequenino; sois rico, e fizestes-Vos pobre; sois omnipotente, e fizestes-Vos frágil.

Nesta Noite, partilhamos a alegria do Evangelho: Deus ama-nos; e ama-nos tanto que nos deu o seu Filho como nosso irmão, como luz nas nossas trevas. O Senhor repete-nos: «Não temais» (Lc 2, 10). E vo-lo repito também eu: Não temais! O nosso Pai é paciente, ama-nos, dá-nos Jesus para nos guiar no caminho para a terra prometida. Ele é a luz que ilumina as trevas. Ele é a nossa paz. Amém!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

JESUS NÃO NASCEU EM 25 DE DEZEMBRO

A verdade, entretanto, é que ele não nasceu num dia 25 de dezembro.  "A teoria mais forte atualmente é que a data tenha sido escolhida para se contrapor à principal festa religiosa dos romanos, do Sol Invencível, que se dava na noite do dia 24", afirma Valeriano Santos Costa, diretor da faculdade de Teologia da PUC-SP. Na data, os romanos celebravam o solstício de inverno, quando acontecia a noite mais longa do ano.
 
Parece incrível, mas a escolha da data não tem nada a ver com o nascimento de Jesus. Os romanos aproveitaram uma importante festa pagã realizada por volta do dia 25 de dezembro e "cristianizaram" a data, comemorando o nascimento de Jesus pela primeira vez no ano 354. A tal festa pagã, chamada de Natalis Solis Invicti ("nascimento do sol invencível"), era uma homenagem ao deus persa Mitra, popular em Roma. As comemorações aconteciam durante o solstício de inverno, o dia mais curto do ano. No hemisfério norte, o solstício não tem data fixa - ele costuma ser próximo de 22 de dezembro, mas pode cair até no dia 25. A origem da data é essa, mas será que Jesus realmente nasceu no período de fim de ano? Os especialistas duvidam. "Entre os estudiosos do Novo Testamento e das origens do cristianismo, é consenso que ele não nasceu em 25 de dezembro", afirma o cientista da religião Carlos Caldas, da Universidade Mackenzie, em São Paulo. Na Bíblia, o evangelista Lucas afirma que Jesus nasceu na época de um grande recenseamento, que obrigava as pessoas a saírem do campo e irem às cidades se alistar. Só que, em dezembro, os invernos na região de Israel são rigorosos, impedindo um grande deslocamento de pessoas. "Também por causa do frio, não dá para imaginar um menino nascendo numa estrebaria. Mesmo lá dentro, o frio seria insuportável em dezembro", diz Caldas. O mais provável é que o nascimento tenha ocorrido entre março e novembro, quando o clima no Oriente Médio é mais ameno.
 
 
FONTE: UOL  e MUNDO ESTRANHO (Editora Abril).

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

PROFETA DO ALTÍSSIMO

O ÚLTIMO PROFETA QUE ANUNCIOU A VINDA DO SALVADOR FOI JOÃO BATISTA. O PAI DELE, ZACARIAS, DISSE QUE ELE SERIA O PROFETA DO ALTÍSSIMO.
 
O MODO DE JOÃO BATISTA SE VESTIR E SE ALIMENTAR NOS ENSINA O VALOR DA SIMPLICIDADE.
 
JOÃO BATISTA TEVE COMO MISSÃO LEVAR AS PESSOAS AO ENCONTRO DE JESUS PARA RECEBEREM A SALVAÇÃO. HOJE, CADA UM DE NÓS QUE CRÊ EM JESUS É CONVOCADO A TESTEMUNHÁ-LO ATRAVÉS DE PALAVRAS E AÇÕES.
 
FONTE: NATAL EM FAMÍLIA 2013 - CPP

REVEILLON GOSPEL EM ANGRA DOS REIS / RJ

ESPERANÇA MESSIÂNICA

ISAÍAS, AO LADO DE OUTROS PROFETAS, ANUNCIAVA A VINDA DO MESSIAS, O ENVIADO DE DEUS, PARA SALVAR A HUMANIDADE. A PROMESSA DE DEUS CONSOLAVA  O POVO E EXIGIA CONVERSÃO.
 
A LUZ É JESUS. ELE É A NOSSA ESPERANÇA DE SALVAÇÃO. JESUS É O MENINO QUE NASCEU PARA NÓS, O FILHO QUE NOS FOI DADO PARA ALEGRAR A NOSSA VIDA, SER O NOSSO CONSELHEIRO, AQUELE QUE NOS CARREGA EM SEUS BRAÇOS. EM JESUS O MUNDO TEM JEITO E NÓS SOMOS SALVOS.
 
NOSSA ALEGRIA NÃO NASCE DO FATO DE POSSUIRMOS MUITAS COISAS, MAS DE TERMOS ENCONTRADOS UMA PESSOA: JESUS CRISTO. COM ELE NUNCA ESTAMOS SOZINHOS, MESMO NOS MOMENTOS DIFÍCEIS.
 
FONTE: NATAL EM FAMÍLIA 2013 - CPP.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

JESUS, FILHO DE DEUS, NOSSA ESPERANÇA!

JESUS, FILHO DE DEUS, NOSSA ESPERANÇA!
ESTE FOI O TEMA DA NOVENA DE NATAL 2013.
 
ADVENTO: TEMPLO DE REFLEXÃO. TEMPO DE LEMBRARMOS A CHEGADA DO NOSSO SALVADOR.
 
JESUS QUER RENASCER EM NOSSOS CORAÇÕES E EM NOSSAS FAMÍLIAS.
O NATAL É A CELEBRAÇÃO DO AMOR. O PAI ETERNO AMA TANTO CADA UM DE NÓS QUE ENVIOU JESUS PARA NOS SALVAR. NÓS PRECISAMOS ACOLHER O AMOR DE DEUS EM NOSSAS VIDAS.
 
VEM, SENHOR JESUS, GUIA-NOS NO CAMINHO DA PAZ!!!

domingo, 8 de dezembro de 2013

LENDA DE N. Sra. DA CONCEIÇÃO - ANGRA DOS REIS / RJ

Conta a lenda que a embarcação que levava a imagem para Itanhaém foi surpreendida por uma forte e repentina tempestade na Baía de Ilha Grande, o que a obrigou a parar em Angra dos Reis.  Em homenagem à imagem a bordo, a comunidade local permaneceu em vigília, orando. No dia seguinte, e por vários outros seguidos, o navio tentou deixar a cidade em direção a Itanhaém, sem sucesso, porque o mau tempo o forçava a voltar. Até que os tripulantes decidiram deixar a imagem em Angra dos Reis por entender que essa era a vontade de Nossa Senhora.
A famosa imagem, em tamanho natural, não é a única peça de valor histórico na igreja. A pia batismal, um exemplar da tradicional marmoraria portuguesa, foi presente de D. José I e data de 1758.
Nossa Senhora da Conceição é padroeira de Angra dos Reis e 8 de dezembro, dia em homenagem a ela, é feriado na cidade.

domingo, 24 de novembro de 2013

FÉ BEM USADA, PALAVRA EM DIA

(...) A FÉ DEVE SER EXERCITADA. E ESSE EXERCÍCIO VEM DA LEITURA DA BÍBLIA. VEJAMOS O QUE DIZ ROMANOS 10,17: "E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo."
 
(...) PRATICAR A FÉ É LER A PALAVRA DO SENHOR. QUANTO MAIS LEMOS, MAIS RESPOSTAS TEMOS E, ASSIM, ACREDITAMOS CADA VEZ MAIS QUE SOMOS GUARDADOS SOB A PROTEÇÃO D`AQUELE QUE NOS CRIOU.
 
ÁS VEZES PODEMOS FICAR ATÉ DESESTIMULADOS, QUANDO OLHAMOS PARA O LIVRÃO QUE É A BÍBLIA. MAS NA VERDADE É UMA LEITURA PARA TODOS OS DIAS, PARA QUE ABRAMOS, ENCONTREMOS RESPOSTAS PARA O QUE PROCURAMOS. (...)
TENTE ISSO, FAÇA DA LEITURA DA PALAVRA ALGO DIÁRIO. ORE E PEÇA PARA ENTENDER TUDO O QUE LÊ. DESSA FORMA, A FÉ VAI CRESCENDO (...)
 
FONTE: Folhinha Universal - Novembro de 2013 - Página 06

sábado, 23 de novembro de 2013

GRANDE CAMPANHA AVIVAMENTO - IGREJA DO EV. QUADRANGULAR - ANGRA DOS REIS

GRANDE CAMPANHA DE AVIVAMENTO COM O AVIVALISTA INTERNACIONAL RAIMUNDO NASCIMENTO.
 
CURAS, MILAGRES, PALAVRA PROFÉTICA, ETC...
 
DIAS 29 E 30 DE NOVEMBRO E 01º DE DEZEMBRO DE 2013
 
ÁS 19:30h NA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR
 
ENDEREÇO: RUA ITAGUAÍ, Nº 15 - NOVA ANGRA - ANGRA DOS REIS / RJ.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

01º DE NOVEMBRO - DIA DE TODOS OS SANTOS

HOJE É DIA 01º DE NOVEMBRO. VÁRIAS IGREJAS CRISTÃS COMEMORAM HOJE O DIA DE TODOS OS SANTOS. VAMOS CONHECER UM POUQUINHO COMO ALGUMAS IGREJAS COMEMORAM ESTA DATA:
 
IGREJA CATÓLICA: CELEBRA A festum omnium sanctorum SEGUIDO DO DIA DE FINADOS (DIA SEGUINTE). Esta tradição de recordar (fazer memória) os santos está na origem da composição do calendário litúrgico, em que constavam inicialmente as datas de aniversário da morte dos cristãos martirizados como testemunho pela sua fé, realizando-se nelas orações, missas e vigílias, habitualmente no mesmo local ou nas imediações de onde foram mortos, como acontecia em redor do Coliseu de Roma. Posteriormente tornou-se habitual erigirem-se igrejas e basílicas dedicadas em sua memória nesses mesmos locais.
 
IGREJA LUTERANA: O dia é celebrado principalmente para lembrar que todas as pessoas batizadas são santas e também aquelas pessoas que faleceram no ano que passou. Em Portugal, neste dia, as crianças costumam andar de porta em porta a pedir bolinhos, frutos secos e romãs. É feriado em Portugal, comemorado em dia não-útil.
 
IGREJA ORTODOXA: COMEMORA ESSE DIA NO PRIMEIRO DOMINGO DEPOIS DE PENTECOSTES, FECHANDO A ÉPOCA LITÚRGICA DA PÁSCOA E NÃO DO DIA 01º DE NOVEMBRO COMO OUTRAS IGREJAS.

MISSA HOJE - BONFIM - ANGRA DOS REIS / RJ

MISSA NA COMUNIDADE DO BONFIM
ANGRA DOS REIS / RJ.
 
HOJE (01º/11/2013), ÁS 19:30h
 
LOCAL: ESCOLA MUNICIPAL ALEXINA LOWNDES.

sábado, 12 de outubro de 2013

FESTA DE N.S. APARECIDA NA VILA VELHA 2013 - ANGRA DOS REIS - COMO FOI?

PELO 6º ANO CONSECUTIVO, O TMN FAZ A COBERTURA DA FESTA DE N. S. APARECIDA NA COMUNIDADE DA VILA VELHA, EM ANGRA DOS REIS.
O ÚNICO MEIO DE COMUNICAÇÃO A FAZER A COBERTURA DESTA FESTA NA VILA VELHA.
VEJA COMO FOI A FESTA DESTE ANO.

DOS DIAS 03 A 08 DE OUTUBRO DE 2012 FOI REALIZADA A NOVENA DE NOSSA SENHORA NAS CASAS DE ALGUMAS FAMÍLIAS DA COMUNIDADE.
DO DIA 09 AO DIA 11 DE OUTUBRO FOI REALIZADO UM TRÍDUO NO SALÃO COMUNITÁRIO.
DIA 12 DE OUTUBRO (DIA DA PADROEIRA) OS DEVOTOS DE NOSSA SENHORA SAÍRAM EM PROCISSÃO  ÁS 09 DA MANHÃ DO SALÃO COMUNITÁRIO. A MESMA PERCORREU A ESTRADA VEREADOR BENEDITO ADELINO ATÉ PRÓXIMO A ENTRADA DA PRAIA DA FIGUEIRA, DEPOIS RETORNAMOS E FOMOS ATÉ A PRAIA DA VILA VELHA. A PROCISSÃO E A SANTA MISSA FOI ANIMADA PELO PÁROCO DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, FREI FERNANDO BEZERRA. NA PRAIA FOI FEITO UMA ORAÇÃO. DEPOIS RETORNAMOS PARA O SALÃO COMUNITÁRIO ONDE OCORREU A SANTA MISSA EM HOMENAGEM A RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL, NOSSA SENHORA APARECIDA.

FOTOS: THIAGO DE MORAIS.














FOTOS: THIAGO DE MORAIS.

12 DE OUTUBRO - DIA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

NOSSA SENHORA ATRAVÉS DA IMAGEM DA CONCEIÇÃO APARECIDA, É RECONHECIDA COMO UMA FORÇA EXTRAORDINÁRIA DE UNIÃO E DE IDENTIDADE DO POVO BRASILEIRO. NELA  NOS SENTIMOS PROTEGIDOS E ENCORAJADOS A AVANÇARNA ÁRDUA TAREFA DE CONSTRUIR UMA NAÇÃO CADA VEZ MAIS JUSTA, ORDEIRA E PACÍFICA. MARIA, DIANTE DE DEUS, INTERCEDE PELO BRASIL, SUPLICANDO VIDA PARA NOSSO POVO.
 
A DEVOÇÃO DE MARIA ENCONTRA SEU SENTIDO EM CRISTO. ELA PARTICIPA, EM PRIMEIRA MÃO, DOS FRUTOS DA REDENÇÃO POR ELE TRAZIDA. SUA PROXIMIDADE DE JESUS A TORNA LEGÍTIMA REPRESENTANTE DA HUMANIDADE PARA APRESENTAR A DEUS, POR CRISTO, AS NECESSIDADES DE TODOS OS SERES HUMANOS. COMPREENDE-SE ASSIM QUE TODA GRAÇA VEM DE DEUS, MAS O EXEMPLO DE DISCIPULADO NOS É OFERECIDO POR MARIA, QUE EM TODA SUA VIDA BUSCOU REALIZAR O QUE DEUS PROPÕE A CADA SER HUMANO.

VIVA NOSSA SENHORA APARECIDA!!!
VIVA A RAINHA E PADROEIRA DO BRASIL!!!

PROGRAMA SÁBADO TOTAL RECEBE NOSSA SENHORA APARECIDA

O PROGRAMA SÁBADO TOTAL, DA REDETV!, COM APRESENTAÇÃO DE GILBERTO BARROS RECEBEU EM SEU PALCO HOJE, DIRETO DO ANTUÁRIO NACIONAL DE APARECIDA / SP, A IMAGEM DE NOSSA SENHORA APARECIDA. A IMAGEM CHEGOU AOS ESTÚDIOS DA REDETV! DE HELICÓPTERO PELO PADRE ANTÔNIO MARIA, UM PADRE REPRESENTANDO O SANTUÁRIO NACIONAL DE APARECIDA E UM REPRESENTANTE DA BASÍLICA DO DIVINO PAI ETERNO, DE TRINDADE / GOIÁS.
AO CHEGAR A EMISSORA, FUNCIONÁRIOS RECEBERAM A IMAGEM E FIZERAM UMA PROCISSÃO ATÉ O PALCO DO PROGRAMA.
NOSSA SENHORA FOI MUITO APLAUDIDA PELO APRESENTADOR, CONVIDADOS, FUNCIONÁRIOS E A PLATEIA.
HOUVE RELATO DE ALGUNS TESTEMUNHOS DE FÉ.
O PADRE ANTÔNIO MARIA CANTOU A MÚSICA "NOSSA SENHORA" E FEZ UMA ORAÇÃO PARA O BRASIL.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

FESTA DE N. S. APARECIDA - PRAIA DO MACHADO - ANGRA DOS REIS

Na Praia do Machado, em Angra dos Reis, haverá alvorada, queima de fogos e terço às 6h, abrem as homenagens na pequena capela do bairro. Às 7h tem café comunitário no salão e, em seguida, a imagem da padroeira segue em carreata até o Camorim Pequeno, de onde sairá a procissão até o Camorim Grande.
No cais do bairro, a imagem será levada de barco e percorrerá a baía de Jacuecanga, chegando à Praia do Machado para a santa missa às 10h.

FESTA DE N. S. APARECIDA - BALNEÁRIO - ANGRA DOS REIS

DIA 12 DE OUTUBRO DE 2013
 
ÁS 17 HORAS, PROCISSÃO SAINDO DA IGREJA DO CARMO, CENTRO DE ANGRA, EM DIREÇÃO AO BALNEÁRIO.
 
ÁS 19 HORAS: MISSA NA IGREJA N. S. APARECIDA, NO BALNEÁRIO.

FESTA DE N. S. APARECIDA - VILA VELHA - ANGRA DOS REIS / RJ.

12 DE OUTUBRO DE 2013
 
VILA VELHA - ANGRA DOS REIS
 
PROGRAMAÇÃO:
 
09:00h - PROCISSÃO PERCORRENDO OS LOCAIS DE COSTUME.
 
10:00h - MISSA SOLENE.

HISTÓRIA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padroeira do Brasil.

Na segunda quinzena de outubro de 1717, três pescadores, Filipe Pedroso, Domingos Garcia e João Alves, ao lançarem sua rede para pescar nas águas do Rio Paraíba, colheram a Imagem de Nossa Senhora da Conceição, no lugar denominado Porto do Itaguaçu. Filipe Pedroso levou-a para sua casa conservando-a consigo até 1732, quando a entregou a seu filho Atanásio Pedroso. Este construiu um pequeno oratório onde colocou a Imagem da Virgem que ali permaneceu até 1743. Todos os sábados, a vizinhança reunia-se no pequeno oratório para rezar o terço. Devido à ocorrência de milagres, a devoção a Nossa Senhora começou a se divulgar, com o nome dado pelo povo de Nossa Senhora Aparecida. A 26 de julho de 1745 foi inaugurada a primeira Capela. Como esta, com o passar dos anos, não comportasse mais o número de devotos, iniciou-se em 1842 a construção de um novo templo inaugurado a 8 e dezembro de 1888. Em 1893, o Bispo diocesano de São Paulo, Dom Lino Deodato Rodrigues de Carvalho, elevou-o à dignidade de “Episcopal Santuário de Nossa Senhora da Conceição Aparecida”. A 8 de setembro de 1904, por ordem do Papa Pio X, a Imagem milagrosa foi solenemente coroada, e a 29 de abril de 1908 foi concedido ao Santuário o título de Basílica menor. O Papa Pio XI declarou e proclamou Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil a 16 de julho de 1930, “para promover o bem espiritual dos fiéis e aumentar cada vez mais a devoção à Imaculada Mãe de Deus”. A 5 de março de 1967 o Papa Paulo VI ofereceu a “Rosa de Ouro” à Basílica de Aparecida. Em 1952 iniciou-se a construção da nova Basílica Nacional de Nossa Senhora Aparecida, solenemente dedicada pelo Papa João Paulo II a 4 de julho de 1980.
 
ALGUNS DOS MILAGRES
 
MILAGRE DAS VELAS

Estando a noite serena, repentinamente as duas velas que iluminavam a Santa se apagaram. Houve espanto entre os devotos, e Silvana da Rocha, querendo acendê-las novamente, nem tentou, pois elas acenderam por si mesmas. Este foi o primeiro milagre de Nossa Senhora.
 
CAEM AS CORRENTES

Em meados de 1850, um escravo chamado Zacarias, preso por grossas correntes, ao passar pelo Santuário, pede ao feitor permissão para rezar à Nossa Senhora Aparecida. Recebendo autorização, o escravo se ajoelha e reza contrito. As correntes, milagrosamente, soltam-se de seus pulsos deixando Zacarias livre.
 
O CAVALEIRO SEM FÉ

Um cavaleiro de Cuiabá, passando por Aparecida, ao se dirigir para Minas Gerais, viu a fé dos romeiros e começou a zombar, dizendo, que aquela fé era uma bobagem. Quis provar o que dizia, entrando a cavalo na igreja. Não conseguiu. A pata de seu cavalo se prendeu na pedra da escadaria da igreja ( Basílica Velha ), e o cavaleiro arrependido, entrou na igreja como devoto.
 
 
 

 

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO - ANGRA DOS REIS / RJ - INFORMA:

DEVIDO A RESTAURAÇÃO DO TELHADO DO CONVENTO DO CARMO, NO CENTRO DE ANGRA DOS REIS, TODAS AS MISSAS ESTÃO SENDO REALIZADAS NA IGREJA MATRIZ, TAMBÉM NO CENTRO DE ANGRA.
A PARÓQUIA AGRADECE A COMPREENSÃO DE TODOS.

MENSAGEM DO PADRE REGINALDO MANZOTTI.

Filhos e filhas,

Começo esta mensagem pedindo: “Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, intercedei por todos os teus filhos e filhas”. A pequena e singela imagem – que tem 36 cm de altura – como Padroeira de um dos maiores países do mundo, concretiza o que Maria cantou no Magnificat: “Deus olhou para a humildade de sua serva” (Lc 1, 48ª). E assim, milhões de brasileiros nas horas mais difíceis recorrem à Mãe Aparecida.
A minha mãe foi uma dessas pessoas e eu sou fruto e testemunha do poder intercessor de Nossa Senhora Aparecida. Sou o milagre vivo de uma oração piedosa de minha mãe que, ao me ver nascer sufocado pelo cordão umbilical e após ser batizado às pressas, me consagrou a Nossa Senhora Aparecida.
Em minha alma trago contínua gratidão; nos lábios os louvores e no meu segundo nome, a marca daquela que intercedeu a Jesus e salvou a minha vida. Meu nome de batismo, Reginaldo Aparecido, quer dizer: obrigado, Nossa Senhora Aparecida, pela graça recebida.
Por essa e por tantas graças recebidas, convido vocês, filhos e filhas a rezarem comigo:
Incomparável Mãe, Nossa Senhora Aparecida
Nunca se ouviu dizer que alguém, tendo invocado a ti,
Tenha ficado sem consolo e sem a tua maternal intercessão.
Por isso recorro a ti,
E faço desta oração um ato de consagração, em que apresento todos os meus familiares.
Nossa Senhora Aparecida,
Neste ato de consagração, peço, com humildade e muita confiança,
Que recebas meus familiares, parentes e amigos no teu manto, Mãe.
Que nenhum deles se perca nas sombras, nas encruzilhadas e nos caminhos tortuosos da injustiça, da corrupção, do egoísmo e da desonestidade.
Mãe querida, Mãe Aparecida,
Neste ato de consagração, peço:
Livra minha família do alcoolismo, das drogas, do tabagismo e de qualquer outro tipo de vício.
Guarda-os, Mãe, sob tua materna proteção.
Envolve-os, Mãe, com teu manto e protege-os para sempre.
 
(Rezemos três ave-marias)
Nossa Senhora Aparecida, rogai por nós.
Deus abençoe,
Padre Reginaldo Aparecido Manzotti

sábado, 5 de outubro de 2013

FESTA DE N. S. DA PIEDADE AGITOU A ILHA DA GIPOIA, EM ANGRA

DO DIA 26 AO DIA 29 DE SETEMBRO DE 2013 ACONTECEU NA ILHA DA GIPOIA, NA BAÍA DA ILHA GRANDE, EM ANGRA DOS REIS, A FESTA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE.
DO DIA 26 AO DIA 28 HOUVE O TRÍDUO.
O PONTO ALGE DA FESTA FOI NO DOMINGO, DIA 29, NA QUAL ACONTECEU A MISSA SOLENE, ÁS 11 DA MANHÃ,  SEGUIDA DE ALMOÇO E BINGO.
A VENERAÇÃO DE N. S. DA PIEDADE COMEÇOU EM 1874, NA ILHA DA GIPOIA.

ENCONTRÃO DOS CÍRCULOS BÍBLICOS EM ANGRA

NO DIA 30 DE SETEMBRO DE 2013, ACONTECEU NA IGREJA MATRIZ, NO CENTRO DE ANGRA DOS REIS, O ENCONTRÃO DOS SETORES DOS CÍRCULOS BÍBLICOS. AS 14 COMUNIDADES DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO COM SEUS QUASE 40 GRUPOS DE CÍRCULOS BÍBLICOS COMPARECERAM AO ENCONTRO.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

FESTA DE NOSSA SENHORA APARECIDA - VILA VELHA - ANGRA DOS REIS

DE 03 A 12 DE OUTUBRO DE 2013
 
VILA VELHA 
ANGRA DOS REIS / RJ
 
PROGRAMAÇÃO:
 
DE 03 A 08/10 - NOVENA NAS CASAS, ÁS 19:30h
 
DE 09 A 11/10 - NOVENA NO SALÃO COMUNITÁRIO, ÁS 19:30h
 
DIA 12 - PROCISSÃO, ÁS 09h. MISSA ÁS 10h.

MISSA NO BONFIM HOJE - ANGRA DOS REIS / RJ

HOJE, ÁS 19:30h, HAVERÁ MISSA NA ESCOLA MUNICIPAL ALEXINA LOWNDES, NO BAIRRO BONFIM, EM ANGRA.
NÃO PERCAM!

domingo, 29 de setembro de 2013

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

QUANDO SEI QUE ALGUMA COISA É VONTADE DE DEUS OU NÃO?

TEXTO: DANIEL SIMONCELOS.
POSTADO EM 11 DE JULHO DE 2011
 
FONTE: ESTUDOS.GOSPELMAIS.COM.BR
ACESSO EM 13 DE SETEMBRO DE 2013.
 
Quando sei que alguma coisa é vontade de Deus ou não?

É porque algum líder falou? Porque algum pastor mandou? Certamente que não. Se você fica buscando pessoas para te falarem o que deve fazer, é porque não quer desenvolver um relacionamento com Deus e quer apenas um guru espiritual. Isso fazem as pessoas que procuram videntes, etc.

Muitos crentes querem ir ao monte ou em determinadas igrejas para ouvirem alguns profetas falarem coisas a seu respeito. Estão em busca de “recados” de Deus. E normalmente os “profetas” atendem aos pedidos. Dizem algumas coisas generalizadas e são muito sensitivos para darem os recados que as pessoas querem ouvir. Normalmente relacionado a vitória, porta aberta, etc.

Não estou dizendo que Deus não possa usar uma pessoa para falar contigo, porém se este for o único meio que você tem te convido a refletir se realmente tem um relacionamento com Deus, ou se O conhece de ouvir falar apenas.

Então como você pode saber se alguma decisão que irá tomar é de Deus ou não?

A primeira coisa que você deve fazer é entregar sua vida nas mãos de Deus. Se você realmente entregar seu coração para Jesus, certamente Ele te mostrará o que deve ou não fazer. A partir do momento que você recebe a Cristo, o seu coração recebe o selo do Espírito Santo (2 Co 1:22) e a partir daí, Ele te direcionará.
 
O problema é que muitos cristãos no início de suas jornadas, obedecem à voz do Espírito Santo nos seus corações e àquele incomodo que Ele dá para que não façam determinadas coisas que antes eram normais. Porém, com o passar do tempo, muitos começam a ignorar essa voz. E começam a tentar argumentar com essa voz.

Por exemplo: Você está carente e aparece um(a) garoto(a) que parece perfeito(a) para você. Você sabe que não é a hora certa para ter um relacionamento, que deveria se curar, se consagrar, porém você ignora isto e começa a argumentar dizendo que a pessoa é perfeita para você, que apareceu na hora certa falando tudo aquilo que você precisava ouvir. Essas situações normalmente são colocadas pelo diabo e não por Deus. Porém você argumenta, sabe que é errado, sabe que irá fazer besteira, porém ignora a voz do Espírito Santo e faz.

A resposta para a pergunta é simples: Você sabe o que é vontade de Deus para sua vida, porque a Paz dEle é o árbitro. Se não há paz no seu coração, não é de Deus. Agora, se você já ignorou tanto o Espírito Santo, que está a ponto de apagá-lo em sua vida (I Ts 5:19) talvez seu coração já esteja cauterizado e já nem ouve mais o que Ele diz.

Neste caso , você precisa voltar para Deus. Seu coração já está invertendo novamente os valores e sua carne está muito mais forte que seu espírito. Seu primeiro amor se foi e o Senhor te exorta a voltar às práticas das primeiras obras e se arrepender.

Querido, a voz de Deus é tudo que precisamos para viver nesta terra. Com ela, podemos caminhar seguros mesmo em meio ao vale da sombra da morte. Quanto mais você responder sim ao Senhor, mais ouvirá a sua voz e terá cada vez mais intimidade com Ele.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

MISSA - VILA VELHA - ANGRA DOS REIS / RJ - 15/09/2013

A COMUNIDADE DA VILA VELHA, EM ANGRA DOS  REIS,  INFORMA QUE HAVERÁ MISSA NO PRÓXIMO DOMINGO, DIA 15/09/2013, ÁS 09 DA MANHÃ, NO SALÃO COMUNITÁRIO.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

CURSO IRMÃ MERCEDES - ANGRA DOS REIS - 2º ENCONTRO


2º ENCONTRO
DISCÍPULOS E MISSIONÁRIOS SEGUNDO O EVANGELHO DE LICAS.
No 1º encontro vimos:

 - Oração = Jesus conversando com o Pai.
 - Visita de Deus;
 - Conflitos pobres x ricos;
 - Misericórdia de Deus.
 - Jesus valoriza a oferta da viúva pobre, pois Ele nasceu pobre.
-----------------------
O anúncio do nascimento de Jesus foi anunciado aos pastores mais pobres.

Despojado de tudo, Jesus passa 40 dias rezando no deserto. (4, 1-4)

Com a força do Espírito, Jesus voltou para a Galileia. Na sinagoga de Nazaré ele leu um texto de Isaías para mostrar com clareza qual é a sua missão: “O Espírito me ungiu para evangelizar os pobres.”

Isaías 61, 1-2 (este trecho está dentro do Evangelho de Lucas capítulo 4, 16-21)

Os discípulos e as discípulas de Jesus eram pobres. Eram pescadores e enm sempre conseguiam uma boa pesca (5,5). Levi (Levi = Mateus) deixou tudo para seguir Jesus (5, 27-28). E Jesus disse para eles “bem-aventurados vocês os pobres porque o reino de Deus é de vocês. (6, 20)

E quando enviou 72 discípulos, Jesus pediu para que eles não levassem nada pelo caminho (10, 1-5)

 - No Evangelho de Lucas são 3 bem-aventuranças.

 - No Evangelho de Mateus são 8 bem-aventuranças.

João Batista ouviu contar as coisas que Jesus fazia e dizia e ficou sabendo que o povo estava achando que ele era um profeta. João manda perguntar a Jesus quem era.

Jesus,que já havia curado e resgatado a vida de muitas pessoas pede que os discípulos de João Batista contem a ele tudo o que viram. Resume assim: “aos pobres é anunciado o Evangelho” (7, 18-23)

LEITURAS:

Lc 3, 10-14

Lc 14, 12-13

Lc 14, 15-21

Você quer ser meu discípulo, então vai “vende tudo o que tem e distribui aos pobres.” (18, 18-22)

O Papa Francisco pede que não sejamos uma igreja dos pobres, mas que sejamos uma igreja pobre. O que isto significa?

 - Uma igreja voltada para Evangelização dos pobres e excluídos;

 - Uma igreja acolhedora;

 - Uma igreja aberta a ouvir.

Uma igreja pobre é misericordiosa.
Na pessoa de Jesus de Nazaré, Deus aproxima-se das pessoas excluídas. Jesus as toca, abraça, acolhe com ternura.

Apresenta-se sempre cheio de misericórdia e compaixão!

Os contemporâneos de Jesus puderam escutar sua voz, contemplar seu rosto, tocá-lo e serem tocados por Ele, sentir seu respeito, sua ternura e compaixão.

Jesus não julga, nem condena. Ama e acolhe os pobres, os pecadores, as mulheres, os doentes e as crianças (Lc 6, 36-38). Esta é uma das surpresas de Deus, pois o sistema religioso da época considerava impuras estas pessoas!

Em Jesus de Nazaré, Deus se aproxima da multidão de pessoas que se sentiam indignas de aproximar-se da Divindade, pois não tinham acesso as sinagogas, nem ao templo de Jerusalém.

“Não tenham medo de levar Cristo a todos os ambientes, até as periferias, incluindo quem parece mais distante, mais indiferente.” (Papa Francisco). 

As multidões excluídas pelo sistema do Templo se alegram com a possibilidade de terem acesso a Deus na pessoa de Jesus (Lc 17, 11-21)

Na humanidade de Jesus, Deus se faz solidário e acolhe com misericórdia, compaixão os corpos caídos, desfigurados, feridos, excluídos.

Publicanos e pecadores se aproximavam de Jesus para vê-lo e escutar seus ensinamentos. Mas, os fariseus e os escribas o criticavam por isso. (15, 1-2)

Então Jesus contou estas parábolas:

 - Lc 15, 4-7;

 - Lc 15, 8-10;

 - Lc 15, 11-32.

Contando estas parábolas, Lucas quer ajudar as comunidades a se sentirem amadas por Deus e a lerem os sinais dos tempos, acolhendo a visita de Deus.

Lc 1, 68

Lc 7, 16

Lc 19, 41-44.

 

CEIA PASCAL – EUCARISTIA (Lc 22, 1-20)

 

A ceia pascal: aproxima-se o dia “sacerdotes e escribas procuravam um jeito para matar Jesus (22,1)

Trama-se uma aliança, um pacto de traição (22, 3-6)

A preocupação da ceia é feita com cuidado. Há códigos para contatos.

Esta ceia final resume e expressa toda a vida de Jesus, sua entrega, apaixonado ao projeto do Pai, seu amor incondicional, gratuito e fiel aos discípulos.

“Desejei ardentemente comer esta Ceia com vocês.” (22,15)

É a realização do “êxodo” de Jesus (9,31). Aqui parece que Lucas está usando uma câmera para filmar e começa mostrando a cena de longe. Depois vai chegando perto.

“Aproxima-se o dia da Páscoa (22,1) chegou o dia dos ázimos (22,7, quando chegou a hora, ele sentou-se a mesa (22,14)

ESTE É O PONTO!

CONGELA! POIS ESTE É O ÊXODO DE JESUS!

Jesus, o cordeiro pascal, vai libertar o povo da opressão da lei, revelando a imensa bondade de Deus. (22,17).

Todos estão reunidos para celebrar, fazer memória da libertação do Egito.

Jesus distribui o vinho e o pão como uma expressão daquele que ele mesmo está vivendo: doar-se, distribuindo-se.

E Jesus acrescenta uma frase que somente Lucas conservou:

“Fazei isto em memória de mim.”

Lucas acentua a semelhança entre o êxodo e a paixão, morte e ressurreição de Jesus. No antigo êxodo, nasceu o povo bíblico, formado de muitas raças e tribos diferentes. O que nos unia era a fé no Deus libertador. No novo êxodo, nasce um novo povo unido pela fé em Jesus que revelou um Deus ternura e misericórdia, que a todos ama, perdoa e acolhe.

CURSO IRMÃ MERCEDES EM ANGRA DOS REIS. COMO FOI?

NOS DIAS 26 E 27 DE AGOSTO DE 2013 FOI REALIZADO NO CONVENTO DO CARMO, NO CENTRO DE ANGRA DOS REIS, UM CURSO COM A IRMÃ MERCEDES LOPES, AUTORA DE DIVERSOS LIVROS DE CÍRCULOS BÍBLICOS JUNTO COM O FREI CARLOS MESTERS E OUTROS. O TEMA FOI SOBRE O MÊS DA BÍBLIA QUE ESTÁ RETRATANDO SOBRE O EVANGELHO DE LUCAS.
 
CONFIRA NA ÍNTEGRA O CONTEÚDO DO 1º DIA DO ENCONTRO.
 
MÊS DA BÍBLIA 2013
TEMA: DISCÍPULOS E MISSIONÁRIOS SEGUNDO O EVANGELHO DE LUCAS.
LEMA: ALEGRAI-VOS COMIGO, ENCONTREI O QUE HAVIA PERDIDO (Lc 15)
 
1º ENCONTRO
 
Alegrai-vos comigo, encontrei o que havia perdido significa que Deus é tão misericordioso, que vive procurando quem se perdeu.
A leitura orante (ou lécio-divina) do Evangelho de Lucas nos ajuda a acolher a visita de Deus.
LEITURA:
Lc 1, 68.78 -> FORÇA DE SALVAÇÃO = JESUS
Lc 7,16 -> JESUS DE NAZARÉ É VISITA DE DEUS.
Lc  19, 41-44 -> Fala da guerra nos anos 70 d.C. Tito destrói o templo de Jerusalém. A cidade não conseguiu compreender o caminho da paz.
è Em nossa época, como e através de que pessoa e acontecimentos recebemos a visita de Deus?
Visita do Papa Francisco.
 
Visão geral do Evangelho de Lucas.
1)      QUEM ERA LUCAS?
Era companheiro de viagem de Paulo (Cl 4,14). Conhecia de perto as buscas e os conflitos das comunidades helenistas!
(Filemo 1,14 – saudação).
Onde estavam situadas as comunidades?
(Mapa: As viagens de Paulo).
O Evangelho de Lucas foi escrito depois da morte de Paulo.
2)      QUANDO LUCAS ESCREVEU?
Em torno do ano 85 d.C., para as comunidades helenistas.
LEITURA: Lc 1,1-4 E At 1,1.
O QUE CHAMA A ATENÇÃO NESTES DOIS TEXTOS?
 - Os dois textos são escritos pelo mesmo autor. Lucas escreve seu Evangelho e o Atos dos Apóstolos. O Atos dos Apóstolos é uma continuidade do Evangelho de Lucas.
            - Nos dois textos aparecem o nome Teófilo. Qual é a dúvida? Quem é Teófilo?
            - Na época em que foram escrito os textos já existia Ministro da Palavra.
            - Nessa época não existia os Evangelhos de Mateus e João. Lucas só tinha alguns documentos (Evangelhos de sentença) e o Evangelho de Marcos.
SINÓTICO = COMPARAÇÃO (Evangelhos de Marcos, Lucas e Mateus). O Ev. De João não, pois é escrito de forma diferente.
 
3)      PARA QUEM LUCAS ESCREVE?
Lucas dedica os dois volumes de sua obra a um amigo, chamado Teófilo.
Alguns acham que Teófilo foi uma pessoa de destaque da sociedade.
Nem no Evangelho de Lucas e nem no Atos dos Apóstolos, transparece uma preferência de Lucas pelo pessoal de destaque na sociedade daquele tempo.
Pelo contrário! Mais do que os outros evangelistas, ele acentua a preferência de Jesus pelos pobres e excluídos.
O nome Teófilo significa pessoa que “ama a Deus” ou “é amada por Deus”. Lucas se refere aos cristãos convertidos do paganismo, os “tementes a Deus” ou “adoradores de Deus”.
A partir dos anos 70, este grupo era cada vez mais numeroso nas comunidades cristãs das grandes cidades do Império Romano. E para eles que Lucas escreve, para que possam como ele mesmo diz, verificar a solidez dos ensinamentos recebidos. (Lc 1,4).
            - Somente no Evangelho de Lucas traz a parábola de Lázaro.
             - A solidez dos ensinamentos vem de Jesus.
 
4)      QUAL ERA O PROBLEMA QUE LEVOU LUCAS A ESCREVER O SEU EVANGELHO?
Havia muitos problemas. Mas eram, sobretudo, dois os problemas que levaram Lucas a recolher e a organizar, de maneira didática e sistemática, o material que as comunidades conservaram e transmitiam a respeito de Jesus.
a)      Problemas ligados a abertura para os pagãos
Esta abertura tinha sido iniciada por Paulo e foi aprovada por Pedro (At 10,44-48 / 11,15-17) e confirmada pelo Concílio de Jerusalém (At 15, 7-29). Mas havia muita resistência por parte dos judeus que participavam das comunidades.
Depois da destruição de Jerusalém no ano 70, houve um distanciamento entre os cristãos vindos do judaísmo e os cristãos vindo do paganismo. Os do judaísmo achavam que os outros não eram fiéis ao Antigo Testamento e que a abertura para os pagãos iniciada por Paulo, não vinha de Jesus.
Delicadamente, Lucas dá o seu recado.
Querido Teófilo! A abertura para os pagãos foi iniciada por Jesus. Escrevo para que vocês mesmos possam verificar a solidez do ensinamento que receberam.
b)      Tensão entre ricos e pobres, dentro das comunidades vindas do paganismo
O Império Romano gerava o empobrecimento através dos tributos e do sistema escravagista. Havia pessoas muito ricas e uma imensa multidão de pobres.
Nas comunidades cristãs, os pobres começaram a ser desprezados pelos ricos (1 Cor 11,20-21).
O mesmo conflito social que marcava o Império Romano tinha entrada para dentro das comunidades e nelas era causa de muitos conflitos e confusão (Tg 2,1-7). Lucas queria ajudar as comunidades vindas do paganismo a perceber que é impossível uma pessoa manter a ideologia escravagista do império e, ao mesmo tempo, continuar a ser cristã.
Jesus valoriza a oferta da viúva pobre: Lc 21, 1-4. Ele mesmo nasceu pobre, em um curral. (Lc 2,1-7)
Os que receberam primeiro o anúncio do seu nascimento foram os pobres pastores (2, 8-20)
Jesus orante: Este é um tema muito importante no Evangelho de Lucas.
O jeito novo de Jesus se relacionar com as pessoas e a força da sua profecia tem origem na relação de intimidade que ele mantém com seu Abbá (pai). A expressão Abbá brota do mais profundo do ser de Jesus. Lembra a relação de carinho e de confiança da criança, com seus pais. Mostra que Jesus experimenta Deus como alguém muito próximo, bom, compassivo, querido.
O Evangelho de Lucas apresenta muitas vezes Jesus em atitude de oração.
LEITURA: Lc 3,21-22.
Lucas repete a afirmação de que Jesus se retirava para lugares desertos a fim de rezar (5,16) ou que Jesus foi para a montanha a fim de rezar (6,12 / 9,18 / 9,28-29).
O que esta atitude orante de Jesus nos ensina?
Lucas narra, também, que toda vez que Jesus precisava tomar uma decisão importante, Ele se colocava em oração. Ele se retirou para rezar antes de escolher os discípulos. (Lc 6, 12-16)
Ao perceber a necessidade de fazer uma avaliação sobre o que o povo estava entendendo a respeito da sua ação e pregação, Jesus reza. (9, 18-21)
Na hora da maior agonia no Getsêmani, ele reza. (22, 39-44)
E Jesus pede que façamos algo muito difícil, mas fundamental para crescermos na intimidade com Ele: “rezem por aqueles que caluniam vocês.” (6,28)
A oração foi a fonte de inspiração e força para Jesus. Depois de longas caminhadas e dos encontros com as multidões excluídas do sistema religioso do seu tempo, Jesus refaz as suas forças nas madrugadas, em silêncio, junto ao seu Abbá. (Lc 11-1)
Para Jesus, a bondade do seu Abbá já está acontecendo no mundo sob a forma de compaixão. Ele vê de perto a violência e a dor que sofre o povo oprimido pelos romanos. Mas, não perde a esperança. Na sua simplicidade e espontaneidade torna-se presença amorosa de Deus que dá alegria e harmoniza os pequenos.
A relação de Jesus com o Pai é como um grão de trigo semeado na terra, que fica despercebido por um tempo, mas que se manifestará, em seguida, como espiga granada e bonita.
Assim é a bondade de Deus. Agora, está escondida debaixo da complexa realidade da vida, porém, um dia acabará triunfando sobre o poder da morte.
É através da oração que poderemos viver os 3 pontos da Homilia do Papa Francisco:
1 – CONSERVAR A ESPERANÇA;
2 – DEIXAR-NOS SURPREENDER POR DEUS;
3 – VIVER NA ALEGRIA.
 
LEITURA: (Lc 9, 28-36)
1)      O que chama a sua atenção neste texto?
2)      Ele tem alguma relação com as palavras do Papa Francisco?
3)      Quais as experiências que temos de transfiguração?
4)      Como estas experiências nos fortalece nos momentos de dor?